gototop
Sexta, 03 Janeiro 2014 11:22

Cadastro no Passe Livre Estudantil será automático

  Beatriz Ferrari, da Agência Brasília
Cadastro no Passe Livre Estudantil será automático Foto: Hmenon Oliveira

Estudantes da rede pública e da UnB não precisarão mais ir aos postos do DFTrans para apresentar documentação

BRASÍLIA (3/1/2) - Os novos estudantes matriculados na rede pública de ensino e na Universidade de Brasília (UnB) não precisarão mais enfrentar filas para apresentar a documentação para se cadastrar no Passe Livre Estudantil. No ato da matrícula na escola, os dados do cadastro serão repassados automaticamente da Secretaria de Educação do DF ao Transporte Urbano do DF (DFTrans), que emitirá o cartão.

 

A facilidade estará disponível já neste período letivo. Antes, o aluno precisava ir a um posto do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA), apresentar a documentação pessoal e a declaração de escolaridade, esperar 10 dias e retornar ao posto para retirar o cartão. Com a automatização, o aluno só precisa ir ao posto uma única vez, para buscar o cartão e cadastrar as linhas.

 

"O que anunciamos hoje é uma sintonia dentro do governo, de forma a permitir que o estudante seja tratado com dignidade. Uma sintonia que simplifica vários procedimentos que eram feitos de forma desconexa e impunham sacrifício ao estudante e à família", disse o governador em exercício, Tadeu Filippelli.

 

O prazo para as matrículas na rede pública terminam no próximo dia 8 de janeiro. A partir do dia 9, a Secretaria de Educação repassa as informações dos novos alunos ao DFTrans, que, após uma filtragem nos dados realizada em cinco dias, inicia a produção dos cartões dos alunos que têm direito ao benefício. Em dez dias -antes do início das aulas, portanto -,  o aluno pode ir ao posto buscar o cartão.

 

Os que já são beneficiados não precisam trocar o cartão. No caso de mudança de endereço, o estudante precisa ir ao posto apenas para recadastrar as novas linhas de transporte que usará.

 

Atualmente, 180 mil estudantes são beneficiados pelo Passe Livre, sendo 45 mil de escolas privadas. O governo espera agora um entendimento com a rede privada para que os alunos possam usufruir da mesma facilidade.

 

"Fila agora faz parte do passado", disse o diretor-geral do DFTrans, Marco Antonio Campanella. O diretor explicou que o DFTrans também terá acesso aos dados dos 40 mil estudantes que utilizam o Metrô, unificando o cadastro.

 

RECARGA EMBARCADA - Em abril de 2013, o governo implantou um sistema que permite inserir créditos nos cartões nos próprios validadores dos ônibus, chamado Recarga Embarcada. A implantação da medida evitou filas e acelerou o atendimento nos postos do SBA.

 

O Passe Livre no DF é integralmente bancado pelo governo, com custo mensal entre R$ 5 milhões e R$ 6 milhões.

 

(B.F./M.D.*)

agenda governador
momento da copa
banner historia sucessos
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Veículos e Transporte Cadastro no Passe Livre Estudantil será automático