gototop

Portal do GDF

FacebookTwitterYoutubeFeed
Quarta, 23 Maio 2012 20:05

Obra do Estádio Nacional de Brasília chama atenção da imprensa estrangeira

  Secretaria de Comunicação Social

Representantes da CCTV, TV chinesa, e da revista francesa GQ Magazine passearam pela obra e conheceram os detalhes técnicos e inovadores da construção

À medida que avança a obra do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, cresce o interesse da mídia internacional pela arena onde serão realizados jogos da Copa das Confederações, em 2013, e da Copa do Mundo de 2014. Jornalistas da imprensa chinesa e francesa estiveram no canteiro de obras, nesta quarta-feira (23). Como outras equipes internacionais, os representantes da CCTV, TV chinesa, e da revista francesa GQ Magazine passearam pela obra e conheceram os detalhes técnicos e inovadores da construção. E tiveram a oportunidade de entrevistar o governador do Distrito Federal e presidente do Comitê organizador Brasília 2014, Agnelo Queiroz.

O que mais desperta a curiosidade da imprensa internacional é a celeridade da obra e seu caráter sustentável. A Ecoarena é a única do mundo com potencial para receber a certificação máxima de sustentabilidade, o selo internacional Leed Platinum. O projeto arrojado integrado ao conceito de modernidade arquitetônica da capital do Brasil, já conhecidos no país, desperta agora o interesse do mundo. A estatal chinesa CCTV, a maior estação de televisão nacional da China, chegou a Brasília na manhã desta quarta-feira (23).

Atraída pelo modelo sustentável adotado na construção do estádio, a repórter Helen Clegg – correspondente da TV chinesa no Brasil – entrevistou o governador Agnelo Queiroz. “Estamos acompanhando os preparativos para a Rio + 20 e queríamos mostrar para o mundo um bom exemplo de obra sustentável.  Ficamos impressionados com o estádio que usa métodos sustentáveis desde o início da construção e é o único com possibilidade a ter a certificação máxima”, disse a repórter Helen Clegg.

O governador explicou à jornalista sobre a importância da adoção de práticas sustentáveis na capital do país. “Esta será uma Ecoarena, com captação e reutilização da água da chuva e energia solar, por exemplo. Nossos estudos mostram que o custo de manutenção se torna mais barato desta forma. Por isso, trabalhamos para atingir o grau máximo de sustentabilidade, com o selo Lee Platinum. Em Brasília a Copa será verde”, explicou o governador à TV chinesa. A equipe de jornalistas da revista francesa GQ Magazine esteve em Brasília para mostrar a vocação turística da cidade, a convite da Embratur. Eles visitaram ainda o Memorial JK, o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, a Torre Digital, o Parque da Cidade entre outros monumentos.

Interessados na arquitetura e na diversidade cultural da capital federal, os jornalistas se surpreenderam com a obra. “Estamos surpresos com a dimensão do estádio. A arquitetura de Brasília já é muito famosa lá fora. Mas é muito bom poder ver isso ao vivo, de perto”, disse o repórter Roger Matthias. O governador ressaltou a importância da capital federal como polo da diversidade cultural do país. “Os turistas que vierem pela primeira vez irão perceber que aqui estão reunidas culturas de todas as partes do país. Um povo alegre, receptivo.”

Atenção internacional - O estádio vem atraindo a atenção de repórteres internacionais desde o início de 2012. Nos primeiros meses do ano, um representante do jornal suíço Le Matin esteve em Brasília para conhecer a obra do estádio e publicou uma longa reportagem sobre a importância da Ecoarena para Brasília, como instrumento de desenvolvimento econômico. A BBC de Londres também realizou filmagens do andamento dos trabalhos e recuperou a história do projeto arquitetônico da nova arena. Outro destaque foi a presença da TV Al Jazeera que cobriu a Copa Solidária – torneio de futebol realizado pelos operários, na própria obra.

agenda governador
momento da copa
banner historia sucessos
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Cultura, Esporte e Turismo Obra do Estádio Nacional de Brasília chama atenção da imprensa estrangeira