gototop
FacebookTwitterFlickrFeed

Caminhão da Mulher já fez 7 mil exames

A Unidade Móvel de Saúde da Mulher iniciou na manhã desta segunda-feira a realização de exames gratuitos na comunidade do Areal, em Taguatinga Sul

Carlos Rezende
25 de Junho de 2012 - 14:57
Foto: Pedro Ventura Caminhão da Mulher já fez 7 mil exames

A Unidade Móvel de Saúde da Mulher, mais conhecida como Caminhão da Mulher, iniciou na manhã desta segunda-feira (25)  atendimento em Taguatinga Sul, na comunidade do Areal. Esta é a sétima localidade que o veículo percorre desde seu lançamento, em 8 de março, pelo governador Agnelo Queiroz. Desde então, já foram realizados 7 mil exames, entre mamografias, ecografias e preventivos.

 

No Areal, o caminhão deve permanecer por aproximadamente três semanas em frente à Unidade de Saúde da Família, na QS 08, conjunto 410A, lote 15. Os atendimentos ocorrem sempre de 8h as 12h e de 13h as 17h.

 

As senhas são distribuídas no início de cada turno. Por dia, são agendadas 40 mamografias, 50 ultrassonografias e 40 exames de Papanicolau. Do total de vagas oferecidas, 80% são reservadas às moradoras da região onde a unidade estiver instalada.

 

As mulheres interessadas em passar pelos exames têm que apresentar documentos pessoais e comprovantes de residência. A mamografia só pode ser feita em pacientes com idades igual ou superior a 40 anos e com solicitação médica. O Papanicolau não possui pré-requisitos, mas é indicado, preferencialmente, para mulheres que tenham se submetido ao exame há mais de um ano.

 

Unidade itinerante - A unidade móvel já esteve no Condomínio Por do Sol (Ceilândia), Núcleo Rural Taquara (em Planaltina), Cidade Estrutural, Paranoá/Itapoã, Nova Colina (Sobradinho) e São Sebastião. O objetivo é rastrear de forma precoce os casos de mulheres com alterações que possam se transformar em câncer ou outras complicações.

 

“A realização destes exames em locais onde o acesso aos serviços de saúde é mais difícil nos permite fazer o diagnóstico de doenças e tratá-las devidamente, evitando, por exemplo, a incidência do câncer de mama e de colo do útero, que são os que mais matam entre as mulheres”, enfatizou o governador Agnelo Queiroz.

 

Em São Sebastião, última cidade atendida pelo caminhão, a procura pelos exames de ecografia, mamografia e preventivo (Papanicolau) foi grande. De 11 a 22 de junho, foram realizados 1, 2 mil exames.

Agenda do Governador do Distrito Federal
 
Saiba quais os desligamentos programados pela Ceb
 
Falta de água programada pela Caesb
 
Vagas de Emprego no Distrito Federal
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Saúde Caminhão da Mulher já fez 7 mil exames