gototop
FacebookTwitterFlickrFeed

Campanha do Agasalho realiza a primeira doação

Centro Social Tia Ilda, no Varjão, foi a primeira instituição contemplada pela campanha da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, que já conseguiu mais de 2 mil arrecadações

Evelin Campos, da Agência Brasília
24 de Julho de 2012 - 16:40
Foto: Pedro Ventura Campanha do Agasalho realiza a primeira doação

As 103 crianças do Centro Social Tia Ilda, no Varjão, terão um inverno mais aquecido este ano. A entidade foi a primeira a receber doações da Campanha do Agasalho, organizada pela Subsecretaria de Promoção e Mobilização Social, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania. A entrega dos donativos foi feita na manhã desta terça-feira (24), na própria instituição.

A campanha, que teve início há um mês, já recolheu mais de 2 mil peças, entre agasalhos, cobertores e calçados. O Centro Social Tia Ilda ganhou 250 peças de roupas infantis, 40 casacos e 30 cobertores, além de uma caixa de brinquedos e sapatos. “Fiquei muito feliz quando soube da campanha, pois tudo o que construímos e nossa sobrevivência são graças às doações”, disse a fundadora da entidade, Maria Ilda Julião Ovides.

Para o secretário de Justiça em exercício, Jefferson Ribeiro, ações como essa aproximam o governo da população mais carente. “Decidimos iniciar as doações na creche da tia Ilda pela necessidade e pela história da instituição na comunidade do Varjão. A Secretaria é de Justiça, mas é também de Direitos Humanos e Cidadania”, ressaltou.

Iniciativa permanente – A campanha entrou em sua segunda fase no último dia 16, com a mobilização de síndicos de condomínios, para arrecadação com os moradores. A ideia é que o projeto vá além do período de inverno e se torne constante. “A Secretaria é um intermediário entre quem precisa e quem quer ajudar. Nossa missão é despertar esse trabalho voluntário”, destacou o subsecretário de Promoção e Mobilização Social, Carlos Eduardo Guimarães.

Centenas de pessoas, entre funcionários da Subsecretaria, voluntários e parceiros, estão envolvidas direta ou indiretamente na campanha. Até o momento, estão previstas entregas em mais cinco instituições de regiões distintas do DF, mas as entidades ainda podem se candidatar às doações pelo telefone 2104-1937.

Doações – O trabalho de arrecadação seguirá até setembro, em todas as unidades do Na Hora e do Procon, em academias, igrejas, shoppings centers, pizzaria Pedacinho 108 Norte, na Administração Regional do Guará, no Uniceub e na Academia Club Coat (Setor de Clubes Sul). A Secretaria de Justiça também recolhe o donativo em domicílio: é necessário apenas entrar em contato pelo mesmo telefone.

Solidariedade – O Centro Social Tia Ilda surgiu há 11 anos, quando Maria Ilda Julião Ovides começou a cuidar dos filhos de uma vizinha. A notícia se espalhou, e, com trabalho e doações, o barraco de madeira se transformou em uma creche que atende crianças de quatro a dez anos, nos turnos matutino e vespertino.

No local, as crianças desempenham atividades que vão desde apoio pedagógico e aulas de reforço a brincadeiras. O espaço conta com brinquedoteca, videodeca, refeitório e espaço para descanso. Crianças do Varjão, do bairro de Taquari e do Itapoã, a maioria filhos de mães solteiras, são atendidas pela creche.

Além da tia Ilda, a instituição conta com cinco profissionais: três monitoras, um pedagogo voluntário e uma cozinheira que prepara cinco refeições diárias para as crianças – café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. “Toda terça-feira recebemos, ainda, verduras da Ceasa, doadas pela Secretaria de Agricultura”, contou Maria Ilda.

O Centro Social Tia Ilda fica na Quadra 5, Conjunto A, Lote 7 na cidade do Varjão. Quem tiver interesse em ajudar pode ligar no telefone 3468-5642, das 7h às 18h.

Agenda do Governador do Distrito Federal
 
Saiba quais os desligamentos programados pela Ceb
 
Falta de água programada pela Caesb
 
Vagas de Emprego no Distrito Federal
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Justiça, Segurança e Cidadania Campanha do Agasalho realiza a primeira doação