gototop
Menu Geral
X
Menu Agência Brasília
X
FacebookTwitterFlickrFeed
Aviso
  • There was a problem rendering your image gallery. Please make sure that the folder you are using in the Simple Image Gallery Pro plugin tags exists and contains valid image files. The plugin could not locate the folder: media/k2/galleries/3148

Estabilidade jurídica para os produtores da Ceasa

Governador sancionou lei que vai regularizar as centrais de abastecimento do DF. Além disso, ele inaugurou a ampliação do mercado livre e deu posse a novos servidores

Evelin Campos, da Agência Brasília
16 de Agosto de 2012 - 14:52
Foto: Roberto Barroso Estabilidade jurídica para os produtores da Ceasa

O governador Agnelo Queiroz, acompanhado do vice-governador, Tadeu Filippelli, sancionou nesta quinta-feira (16) a Lei de Hortifrutigranjeiros das Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF). A norma, que define regras de organização e funcionamento da Ceasa, vai acabar com a insegurança jurídica causada pela falta de regularização e viabilizar melhorias na estrutura do local.

A lei possibilitará, entre outros benefícios, geração de empregos com carteira assinada, emissão de alvarás, concessão de crédito e investimentos em infraestrutura. "Esse é um dia histórico em nossa cidade. Após tantos anos na ilegalidade, os produtores terão tranquilidade e estabilidade para trabalhar. Estamos resgatando direitos que por muito tempo foram esquecidos", destacou Agnelo Queiroz.

A Lei de Hortifrutigranjeiros também beneficiará a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno, que inclui cidades do DF, de Goiás e de Minas Gerais. A meta é tornar a Ceasa o principal abastecedor de frutas, legumes e verduras nesses locais.

Posse – O governador ainda inaugurou a ampliação da cobertura do Mercado Livre do Produtor e empossou 14 servidores convocados no primeiro concurso público da Ceasa, realizado no segundo semestre de 2011. Além de dar espaço a mais 100 produtores, a obra proporcionará mais comodidade aos trabalhadores e usuários, além de contribuir com a qualidade dos alimentos. Já a contratação reforçará o quadro da Ceasa.

"A comercialização ocorrerá de forma digna, com conforto para o usuário e oportunidade para os produtores. Por outro lado, os produtos terão manutenção adequada, o que representa segurança alimentar para a população", afirmou Agnelo Queiroz, que ressaltou também a importância da realização do primeiro concurso público da Ceasa em 40 anos.

Para Tadeu Filippelli, os investimentos inéditos do governo representam o reconhecimento do setor produtivo rural pelo GDF e a realização de compromissos firmados com a sociedade. "Os produtores rurais estão entre os principais responsáveis pela posição do Brasil de sexta economia mundial. Eles suprem nossas mesas, alavancam a economia do país e desenvolvem toda uma cadeia produtiva", enfatizou o vice-governador.

Desenvolvimento – Os novos investimentos prometem estimular a circulação de produtos na Ceasa. Nela são comercializadas cerca de 30 mil toneladas de produtos agropecuários – o que produz lucro avaliado em R$ 50 milhões por mês. Aproximadamente 456 produtores rurais expõem seus produtos em 281 boxes ou no mercado livre.

O secretário de Agricultura, Lúcio Valadão, lembrou a relevância das centrais nos aspectos produtivo e social. "A Ceasa cumpre um papel importante no abastecimento, com produtos de qualidade e melhores preços. Há, ainda, o Banco de Alimentos, que beneficia mais de 25 mil pessoas de 139 instituições socioassistenciais", ressaltou.

Para o presidente da Ceasa, Wilder Santos, as mudanças promoverão um avanço no local. "Vamos estabelecer uma gestão compartilhada, transparente e sustentável. Além da revitalização física, retomaremos a capacidade operacional com os novos servidores", comemorou Wilder, que entregou ao governador um plano de reestruturação da Ceasa.

Galeria de Imagens

{gallery}3148{/gallery}
Agenda do Governador do Distrito Federal
 
Saiba quais os desligamentos programados pela Ceb
 
Falta de água programada pela Caesb
 
Vagas de Emprego no Distrito Federal
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Agricultura e Abastecimento Estabilidade jurídica para os produtores da Ceasa