gototop
Menu Geral
X
Menu Agência Brasília
X
FacebookTwitterFlickrFeed

Sistema penitenciário do DF será ampliado

Quatro novos módulos, com 400 vagas cada um, serão construídos com recursos do GDF e do governo federal

Da Redação
17 de Agosto de 2012 - 20:26
Foto: Mary Leal Sistema penitenciário do DF será ampliado

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP) divulgou hoje a realização de melhorias no sistema penitenciário do DF. Uma parceria com o governo federal prevê investimentos de R$ 15 milhões para a construção de quatro módulos de vivência para internos – dois no Centro de Detenção Provisória (CDP), no Complexo Penitenciário da Papuda, e mais dois na Penitenciária Feminina do Gama. Cada módulo terá capacidade para abrigar 400 detentos. A previsão é de que as obras comecem até o início do próximo ano e sejam concluídas em oito meses.


Segundo o subsecretário de Sistema Penitenciário do DF (Sesipe), Cláudio Moura Magalhães, a verba é proveniente de um programa desenvolvido pela presidenta Dilma Rousseff e repassada pelo Departamento Penitenciário Nacional. O objetivo é reduzir a zero o déficit penitenciário do país. O GDF investiu R$ 5 milhões na ampliação do sistema em contrapartida aos R$ 10 milhões aplicados pelo governo federal.

“Pretendemos começar o mais breve possível, para trazer alívio aos carcerários. Sabemos que o sistema hoje não é ideal, mas poderemos fazer a remoção dos presos. Estamos em situação muito melhor que outros estados brasileiros. Essas vagas a mais facilitarão o nosso trabalho”, garantiu o subsecretário.

Como suporte para ampliar o sistema carcerário, o secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar, solicitou ao governador Agnelo Queiroz recursos na ordem de R$ 60 milhões para a criação de dois pavilhões no Complexo Penitenciário da Papuda.

Além disso, será estudada a construção de outro módulo de vivência no DF, no Centro de Progressão Penitenciária. A unidade geraria até 600 vagas no sistema carcerário. “O alívio fica maior ainda porque o regime semiaberto ganha mais vagas e libera outras para o regime fechado”, estimou o subsecretário.

Déficit – Sobre a carência de servidores no sistema prisional, Cláudio Magalhães informou que atualmente existem, em média, 1, 5 mil servidores trabalhando no complexo penitenciário. De acordo com o Ministério da Justiça, a média ideal é de um agente para cada cinco detentos. Hoje, essa média no DF é de um agente para cada 7,4 detentos.

Para o subsecretário Cláudio Magalhães, o sistema opera dentro da normalidade, apesar do déficit de servidores. Está prevista a realização de um novo concurso, ainda sem data definida, para o preenchimento de 300 vagas.

Agenda do Governador do Distrito Federal
 
Saiba quais os desligamentos programados pela Ceb
 
Falta de água programada pela Caesb
 
Vagas de Emprego no Distrito Federal
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Justiça, Segurança e Cidadania Sistema penitenciário do DF será ampliado