gototop

Portal do GDF

FacebookTwitterYoutubeFeed
Segunda, 21 Janeiro 2013 13:02

Vacinação contra HPV nas escolas

  Evelinn Campos, da Agência Brasília
Vacinação contra HPV nas escolas Foto:Renato Araújo

DF é pioneiro nesse tipo de ação preventiva. As doses vão atender cerca de 64 mil adolescentes, entre 11 e 13 anos, matriculadas nas redes pública e privada de ensino


Cerca de 64 mil meninas, entre 11 e 13 anos, das redes pública e privada de ensino no Distrito Federal começam a receber vacinas contra o papilomavírus humano (HPV) – associado à ocorrência de câncer de colo do útero. Para tanto serão adquiridas aproximadamente 193 mil doses, um investimento estimado em R$ 18,77 milhões. A abertura das propostas concorrentes no pregão eletrônico para a venda das vacinas à Secretaria de Saúde do DF está marcada para esta terça-feira (22).


O objetivo é reforçar o combate ao câncer de colo do útero e outros problemas causados pelo HPV, como verrugas ou lesões na pele e nas mucosas. A imunização será feita em três doses. A primeira está prevista para março deste ano. Os professores das escolas serão treinados para dar informações sobre o vírus e a importância da vacina. Os pais receberão um termo de autorização, que deverá ser assinado. Em seguida, as equipes de vacinação irão até as unidades de ensino em datas previamente agendadas.


De acordo com o secretário em exercício de Saúde, Elias Fernando Miziara, o Distrito Federal é pioneiro na ação. "Há iniciativas em pequenas prefeituras, mas somos o primeiro governo entre os estados a oferecer a vacina", destacou.


Segundo ele, a medida se soma a outras do GDF, como as campanhas educativas contra as doenças sexualmente transmissíveis e a realização de exames preventivos (Papanicolau) na rede pública de saúde. Outra ação é o atendimento itinerante do Caminhão da Mulher, que já realizou mais de 8 mil exames desde que foi lançado em março de 2012.


Prevenção – Os atendimentos realizados nos ambulatórios de Saúde do Adolescente indicam que grande parte da população do DF inicia a atividade sexual, em média, aos 15 anos. A estratégia de vacinação de meninas entre 11 e 13 anos vai evitar a transmissão do HPV nessa faixa etária. Segundo o secretário em exercício de Saúde, a partir de 2014 a imunização será feita apenas em meninas com 11 anos.


A meta da iniciativa é reduzir o índice de mortes por câncer de colo do útero no DF, que é de 90 óbitos por ano, conforme dados da Secretaria de Saúde. "Aproximadamente 4 mil mulheres apresentam lesões decorrentes do HPV, apenas no colo do útero. O objetivo é evitar as doenças", afirmou Elias Fernando Miziara.


Serviço

Exame preventivo (Papanicolau)

Nos hospitais e centros de saúde do DF. Clique e confira aqui a lista de unidades por regional.

 

agenda governador
momento da copa
banner historia sucessos
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Saúde Vacinação contra HPV nas escolas