gototop
FacebookTwitterFlickrFeed

Mobilização coletiva

Secretário de Transporte, José Walter Vazquez Filho, destaca atuação firme do GDF na área de mobilidade urbana

24 de Abril de 2012 - 18:11
Mobilização coletiva

Suzano Almeida, da Agência Brasília

O secretário de Transporte, José Walter Vazquez Filho, estava entre os presentes à solenidade de lançamento do PAC da Mobilidade, nesta terça-feira (24), no Palácio do Planalto. Ao lado do governador Agnelo Queiroz e da primeira-dama, Ilza Queiroz, ele recebeu a notícia de que três projetos do Distrito Federal foram contemplados pelo programa com R$ 2,2 bilhões.

Em entrevista à AGÊNCIA BRASÍLIA, o secretário explica a importância do PAC da Mobilidade para o GDF e detalha a aplicação do recurso do governo federal.

Qual a importância do PAC da Mobilidade para o GDF?

É fundamental que se entenda que esta conquista foi uma construção coletiva. Primeiro, o Executivo mandou um projeto de lei para a Câmara Legislativa e conseguiu aprovar, em tempo recorde, o Plano Diretor de Transporte Urbano. Se Brasília não tivesse Plano Diretor de Transporte Urbano, não teria PAC Mobilidade. Há um ano, nós o aprovamos.

Como será a aplicação dos R$ 2,2 bilhões?

Os detalhamentos ainda estão sendo feitos pelo Ministério das Cidades. O importante é que com a verba vai ser possível ampliar o metrô, dobrar sua capacidade de passageiros com cinco novas estações e modernizar o sistema de comunicação. Nós vamos concluir o corredor da Linha Amarela, que é o Expresso DF, e a Linha Verde, com a expansão em parte do Plano Piloto.

Quando o Expresso DF fica pronto?

O Expresso DF fica pronto em 18 meses, a partir de dezembro. Prevemos concluí-lo até julho do próximo ano. No caso da saída da Linha Verde, a previsão é de dezoito meses após a conclusão da licitação. Nós estamos com o projeto pronto, devemos assinar o contrato e submetê-lo à Caixa Econômica. Feito esse processo burocrático, em 18 meses estará pronto.

A presidenta Dilma Rousseff pediu prioridade para as obras do metrô em todos os estados. Há garantia de que o do Distrito Federal vai ser finalizado com a verba disponibilizada pelo governo federal?

Em primeiro lugar, o metrô vai ser modernizado. Nós vamos finalizar o tronco de Samambaia e de Ceilândia e começaremos a entrar na Asa Norte. Contratamos o projeto de conclusão do metrô, que fará uma nova linha, que irá do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) até a Cidade Digital.

Quando essas obras podem ficar prontas?

A obra de expansão de Ceilândia e de Samambaia deve ficar pronta até a Copa do Mundo. Já no caso da Asa Norte, é um projeto de longo prazo, pois não está previsto neste financiamento.

Agenda do Governador do Distrito Federal
 
Saiba quais os desligamentos programados pela Ceb
 
Falta de água programada pela Caesb
 
Vagas de Emprego no Distrito Federal
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Informações Mobilização coletiva