Fale com o governo

Panteão da Pátria

 

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

 

O Panteão da Pátria integra o Conjunto Cultural Três Poderes criado em 07/09/1986 para homenagear os heróis nacionais – aqueles que possuíram ideais de liberdade e democracia. O Panteão consagra, também, a memória de Tiradentes, que é o Patrono Cívico da Nação Brasileira. Edificação de arquitetura modernista, projetado por Oscar Niemeyer.

 

EXPOSIÇÕES: Na exposição permanente do museu estão às obras: O Mural da Liberdade; O painel de Athos Bulcão; Inconfidência Mineira de João Câmara; O Vitral e O Pássaro, ambos de Marianne Peretti e O Negro, que guarda o Livro de Aço dos Heróis Nacionais. Nele, estão registrados os nomes de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, Zumbi dos Palmares, Marechal Deodoro da Fonseca, Dom Pedro I, Duque de Caxias, Plácido de Castro e o Almirante Tamandaré.

Mapa do Site Dúvidas frequentes